Depoimento de leitora

Meninas! Recebi um lindo depoimento de uma leitora do nosso blog. Você vai se emocionar, olha só:
“Quando conheci meu marido, em 2007, ele usava metanfetamina. Meus pais estavam se separando e eu estava mentalmente confusa, era nova, boba e ingênua… No começo eu o achei corajoso e comprometido, sempre me tratou bem e me colocava pra cima. Porém dava altos perdidos, desaparecia de vez em quando e me fazia sentir culpada se eu o questionava. Dizia que esperou a vida toda por uma mulher como eu, que estava preparado para ser pai e queria casar. 

Nos conhecemos no exterior, eu fazia faculdade e, apesar do estresse com a separação dos meus pais, tinha uma vida boa, estável, um futuro brilhante pela frente. Tive várias deixas pra terminar com ele, várias oportunidades, inúmeros motivos, inclusive ele tentou agarrar uma amiga minha quando estava chapado, mas eu estava completamente cega…

Depois de um ano de namoro eu larguei a faculdade, saí de casa e fui morar com ele num apartamento horroroso, e pra completar o irmão dele veio se enfiar com a gente porque o país estava em crise e ele não tinha emprego. Quando paro pra pensar na merda que eu fiz, me dá uma raiva de mim tão grande, como pude ser tão imbecil? Minha família despedaçada, meus pais na pior e não tinham nem energia pra me instruir…

 Pois bem, uns 3 meses depois que o irmão veio morar com a gente, descubro que estou grávida. Vomitava o dia inteiro na privada que ele deixava suja, o cara era vagabundo e jogava vídeo game até de madrugada e dormia às 2 da tarde. Nesse período, meu namorado trabalhava igual um condenado pra sustentar todo mundo, e eu, mesmo grávida e passando mal ainda ganhei mais dinheiro que o inútil do meu cunhado… Eu implorava pra ele dar um jeito, mandar o irmão ir cuidar da própria vida, mas ele não podia se não a mãe dele ia “enfartar” no Brasil. Percebi que eu não tinha valor nenhum pra ele, que a mãe e o irmão eram mais importantes que a companheira e a filha que estava pra nascer… 

A situação ficou insustentável e no começo de 2009 resolvemos voltar para o Brasil. Moramos em três cômodos atrás da casa dos pais dele, no começo era pra ser provisório, mas imagine o que aconteceu. Depois que a nossa filha nasceu, ele passou a ficar completamente ausente, ficava só na casa da mãe, era como se eu fosse invisível. Ele vendeu a casa que comprou, inventou que queria ser dono do próprio negócio e começou a “trabalhar” com um amigo de infância, que na época era outro tranqueira. 

 Foi parar na sarjeta com esse cara, se envolveu com traficante e matador, e eu e o pai dele fomos resgatá-lo do fundo do poço. Ele ficou arrasado, decidiu “voltar pra Deus” e por alguns meses ficou quieto. 

Eu não tinha um pingo de amor próprio, eu não sabia quem eu era, não sabia o que queria e morria de dó dele, mas nunca jamais pensei em mim. Fui criada assim, ninguém me ensinou nem me orientou em nada, sempre fui boazinha e olha que meus pais são gente estudada. 

 Nos quatro anos que ficamos na casa dos pais dele eu não trabalhei fixo pois decidi me sacrificar e cuidar integralmente da minha bebê, disso não me arrependo por nem um segundo. Mesmo as paredes da casa caindo aos pedaços porque ele não tinha coragem de comprar uma lata de tinta, todos os móveis os pais dele que deram, a maioria velhos e os novos, quem comprou foi minha sogra.  

 Eu era nova, numa cidade estranha, não conhecia ninguém e tinha uma criança pra cuidar. Enquanto isso ele na rua, vivendo a vida dele, se dedicando aos amigos, gastando dinheiro com os outros, não trabalhava, a cada 3 meses inventava um “negócio” pra investir, sempre do lado da família dele mesmo quando eu estava certa e as poucas vezes que fizemos qualquer coisa em família, ele estava sempre entediado, querendo voltar logo pra casa.

 Em 2012 comecei a fazer faculdade e apesar de a situação estar bem longe do ideal, meu sorriso e minha ingenuidade seguiam intactos. No começo de 2013, porém, o dinheiro acabou e ele resolveu vender o carro pelas minhas costas, e quando descobri, ele vendeu mesmo assim, contra a minha vontade. Me deixou a pé com uma criança de 3 anos, e ainda me fazia sentir culpada, dizendo coisas do tipo “por acaso o dinheiro que ganhei é seu?”. Tipo assim, faço o que eu bem entender…Foi aí que eu entendi que ele realmente não estava nem aí pra mim. Mas a franguinha aqui seguia insistindo, em nome da família. Eu li livros e procurei ajuda das pessoas, nessa época eu comecei a sofrer e a chorar, e a ficar deprimida.

No meio de 2013 passei num concurso e com o meu salário comecei a fazer as coisas acontecerem. No final do ano, pela primeira vez desde 2009 viajei, fui pra praia com minha mãe e minha filha, e ele SEM UM CENTAVO pra nada. O dinheiro do carro até hoje não sei onde enfiou.

A partir daí comecei a brigar muito com ele, a cobrar, sentia que tinha algo errado mas não sabia o que era. Achei que ele fosse gay, que tivesse outra, mas não parei pra pensar que estivesse usando drogas de novo. Ele me abandonou, me deixou doente e quase pirei, muitas vezes me senti culpada, como se eu não fosse boa o suficiente. 

 Cada vez mais ele foi mostrando quem ele era, um cara que tem um lindo discurso, com suas promessas vazias que não tem valor algum! Um mentiroso, um egoísta… Aguentei até o final pra poder terminar minha faculdade, graças aos pais dele que ajudaram, a gente não pagava aluguel nem contas da casa. 

No meio de 2015 nos separamos de vez e eu me envolvi com um cara pois queria me distrair… Foi legal,(porém não recomendo…rs) mas depois de 2 meses ele sumiu. Essa foi a deixa pra eu procurar na internet o motivo desse tipo de comportamento e acabei caindo no site da Pri!! Tem sido 8 longos meses de aprendizado, principalmente de AUTOCONHECIMENTO, em que me descubro todos os dias. Não digo que dei a volta por cima por completo, pois ainda tomo remédio pra ansiedade e às vezes fraquejo.

Se alguém tivesse me ensinado essas coisas talvez eu não tivesse passado por tudo isso, mas eu agradeço tudo o que aprendi, procuro ver o lado positivo apesar de tudo!! Parei de me fazer de vítima e de reclamar, refiz meus planos e hoje tenho a plena consciência de que mereço nada menos que o MELHOR. 

Eu sentia que tinha algo errado mas não sabia o que era. Desconfiei, mas jamais chegou aos meus ouvidos que ele estava usando drogas de novo. Essa semana, porém, recebi a confirmação, de que nesses últimos anos ele esteve cheirando cocaína como um louco.

Se você teve a coragem de ler esse depoimento até o final rsrs eu quero te dizer algumas coisas:

No começo do relacionamento o cara já mostra quem ele é! Jamais acredite em palavras, e sim observe as ATITUDES. Não se entregue a um cara que você nem sabe quem é, sem conhecer a família dele, deixe o cara te mostrar!! Observe e veja!! E pra que você não caia em qualquer conversinha você não pode estar carente, e pra que você não fique carene, você precisa CUIDAR DA SUA VIDA. Jamais deixe de estudar, de trabalhar, se arrumar, de ter seus amigos e planos… A minha vida começou a andar quando eu fui fazer minhas coisas. Depois de tudo o que passei, jamais eu vou de novo abrir mão da minha vida pra viver a vida de homem!! Se alguém tiver que abrir mãe de algo, que sejam os dois pra construírem algo juntos!!
E por último: Se você começar a se envolver com um homem que usa drogas… SE AFASTE imediatamente, corre com força e não olhe pra trás!!!!!!! Antes de eles se acabarem, eles vão acabar com a sua saúde, com a sua alegria e principalmente com sua VONTADE. Acredito que o mesmo valha pra homem que bate em mulher. Aliás, te fez sentir mal, você sentiu aquele aperto no peito aquela coisa ruim…. tá errado… busque só o que te faz bem e fim de conversa!!
E é isso! Espero que minha experiência sirva de exemplo!! Beijos! Obrigada Priscila pelo seu trabalho e tenho certeza tem ajudado muitas mulheres a acordarem pra vida!”
Curso em áudio “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

12 respostas a Depoimento de leitora

  1. Flor diz:

    Parabéns pela força de vontade de mudar essa situação! Com certeza algo maravilhoso surgirá na sua vida! Muita felicidade pra você e sua filha!!!

  2. Nati diz:

    Parabéns moça! Continue na luta. A Pri tem sido um anjo msm, para todas nós! Obrigada por compartilhar. Bjo Pri!

  3. Clara diz:

    Poxa, que texto!! Sempre é tempo para aprender e recomeçar, muita força, muita garra, muita fé, que os frutos virão! E não se culpe, eles fazem isso por covardia, por não admitirem atitudes que ELES tomaram mas cujas consequencias nao querem assumir! Vc é uma guerreira , segue em frente sem olhar pra trás como vc msm disse! Dá pra perceber que tudo isso te fez ser uma nova mulher e dá orgulho de ler sem nem te conhecer de fato! Deus ilumine vc e sua bebe, flor, um beijo e vc estará nas minhas orações hj.

  4. TB diz:

    Acho que é essa justamente a questão: minha vida parou de andar quando deixei de fazer meus planos, de olhar meu lado individual. Fiquei tão focada em namoro por ser meu amigo tão querido que acabei deixando de ser eu e contribuindo para tanto comportamento prejudicial no namoro.

    Como esperar que gostem de nós se deixamos de nos amar e de gostar de nós mesmas?
    Mudar hábito é realmente difícil…. Mas com um passo de cada vez, chegamos lá.

  5. fernanda diz:

    Isso ai, eu tb to me.recuperando de um pe na bunda de cara pra quem me dei por 7 anos. Abri mao de td por ele, inclusive de marido e ele terminou comigo pelo whatapp. Hj amor pra mim so existe pra vender disco de musica de melosa. Vamos em frente meninas, um dia pra olhar pra nos e ver o q perderam, vao ter q olhar pra cima, pq estaremos no palco brilhando!!! Força na peruca. Bjos Pri linda!

  6. Fabiana Pascoal diz:

    Tenho 18 anos sou universitária…Ou seja,estou no primeiro ano da faculdade moro com os meus pais e irmãos

    A minha história parece ser bem simples mas na verdade sofro com isso e preciso urgente dos vossos conselhos

    Estamos juntos não faz muito tempo uns 4 meses ele é um cara orgulhoso e pra ele oque ele diz é oque está certo não faz muito tempo descobri que ele estava namorando comigo e ao mesmo tempo com uma garota
    Ficamos duas semanas sem falarmos isso porque eu estava esperando ele dar iniciativa em vir falar comigo e ele estava esperando a mesma coisa de mim

    Minhas amigas me aconselharam a ir ter com ele então fui desposta a terminar com ele então lá ficamos conversamos e ele me entrou na mente dizendo que eu sou a única e ela foi uma namorada do passado e que ficou sua amiga eu fingindo que não acredito ele então disse pra mim terminar com ele já que não lhe acredito então eu pedi desculpa minutos depois uma garota liga pra o celular dele e diz que é namorada dele então ele desliga o telefone e eu toda inciúmada e brava fico fazendo seninhas e ele me acalma e fica tudo bem entre a gente

    Quando me despeço dele ele diz que quer ter relações sexuais e eu disse que não vai dar porque tinha urgência em estar em casa e ele não entende abre a porta e diz pra mim que se eu ir embora pra nunca mais voltar.Então eu fiquei entre a cruz e a espada eu toda tonta e como amo ele fiquei e fiz oque ele queria só assim fui pra casa.Mas é sempre assim eu posso não querer ter relações mas ele vai unsistir e acabo fazendo mesmo sem querer

    Chegando em casa me pús a chora no banheiro porque não consigo viver sem ele não consigo terminar esse relacionamento que me maltrata mas também não quero continuar assim…

    Passou-se algumas semanas ele me encontrou em casa duns dos amigos dele estavamos eu e dois amigos dele conversando e etc…Aí ele chegou e e perguntou oque eu estava fazendo aí e eu disse que só estavamos convivendo e ficou tudo bem.Mas quando saí daí cheguei em casa e ele não estava falando comigo percebi que ele estava chateado então eu mandava msg e ele não respondia e quando respondia era mal então eu ligava e nada

    Mas tarde ele deixou uma mensagem dizendo que estava tudo acabado entre nós e que não queria saber mais de mim então eu estou pedindo pra conversarmos pessoalmente e ele não quer

    Porfavor!.eu já entendi que ele não quer mais nada comigo mas é importante pra mim lhe explicar tudo pessoalmente…Eu não suporto saber que ele esteje pensando que eu sou a pior das mulheres

    Porfavor me ajudem…Como faço para ver a resposta…

    Obrigada pelos conselhos que aqui são dados…Só pra dizer que acompanho-os sempre…

    Espero pela minha resposta.Bjs

    • T. diz:

      Fabiana, não sou a Pri, mas tem algumas coisas que acho que posso dizer:

      A primeira de todas é: que diabos você quer ao conversar com um cara que namorou com você e mais uma ao mesmo tempo e que, depois de você recusar se relacionar intimamente com ele, te expulsa de casa e fala que não quer mais te ver?

      Acho que mais do que qualquer coisa você é quem não deveria querer alguma coisa com ele. Sei que o coração é idiota e às vezes a gente quer mesmo assim, mas pelo menos pense racionalmente na situação e veja como ele tem se aproveitado de você! Poxa, já me senti ofendida por muito menos, se algo assim acontecesse acho que eu criaria asco de uma criatura.

      E sobre o que ele pensa de voce: não importa o que ele pensa. Você pode fazer céu e terra, mas as pessoas vão achar o que quiser de você. Não é seu trabalho explicar suas ações, e sim sempre agir da melhor forma possível, respeitando a si mesma e ao próximo e tendo sua consciência limpa. O resto, moça, é resto.

  7. Giovana diz:

    Qual email posso falar com você ?

  8. Tamires diz:

    Concordo plenamente, a pessoa perde seu caráter pelas drogas e acaba com nossa auto estima. Deus que me livre, tive um Livramento como o seu.

  9. MD diz:

    Parabéns à essa grande Mulher!
    Mas na minha situação, O MEU NAMORADO TERMINOU TEMPORARIAMENTE PQ É VICIADO EM REMÉDIOS, ele faz tratamento psiquiátrico mas a ansiedade é tanta que ele não pode mais dirigir, está estudando pra concurso, mas tá pensando fazer regime pq o estresse é demais. E não quer me machucar, então pediu pra se afastar. Hoje falou que quer que eu seja livre, que se for pra conhecer pessoas novas ele vai conhecer, assim como eu. Isso me corta o coração! Me ajudem, eu não sei o que fazer. Acabei terminando com ele definitivo, porque não aceito isso, e bloqueando ele. Fiz o correto? Eu apenas aceito as condições dele se tratar e não se envolver com outra nesse meio tempo. Então que seja definitivo.

  10. diz:

    Putz!!!Que texto incrível! Que blog maravilhoso! Obrigada! !!!!

  11. Anónimo diz:

    Pri,estou amando seu blog

Fala que eu te escuto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s