Ele quer ter mais liberdade

Meninas! Quantas de vocês já não escutou: “Olha fulana, eu te amo, te amo muito, mas estou me sentindo sufocado. Quero ter mais liberdade.” Aí ele termina. Na hora você fica sem saber o que está acontecendo, mas depois você começa a se culpar, achando que fez algo errado para o rapaz ter se sentido sufocado.

Conselho de ouro: a culpa não foi sua! Não adianta queimar seus neurônios tentando lembrar aonde foi que você errou, porque você NÃO errou. Ele é que não estava preparado para um namoro, ele estava/está imaturo para compartilhar experiências, se divertir, viajar, rir, passear, aprender e ensinar com você. Na cabeça dele, aproveitar a vida é estar solteiro, pegar um monte, beber como um louco e não “dar satisfação” a ninguém. 

Deixa ele. Enquanto você fica aí pensando, se culpando, chorando e insistindo para que ele volte, você pode estar deixando passar uma oportunidade única na sua vida. Ele terminou, eu sei que é difícil, eu sei que você está sentindo uma saudade dolorida que parece que não vai passar nunca. Mas, acredite em mim, passa! E vai passar mais rápido se você começar a se cuidar.  Quando eu digo se cuidar, não é só fisicamente não. É cuidar dessa cabecinha aí. É cuidar da QUALIDADE dos seus pensamentos. 

Você pode controlar seus pensamentos e quando aquelas lembranças ruins vierem, se force a pensar em outra coisa que não tem nada a ver com ele. Depois de uns meses, você já vai ter maturidade para ver o lado positivo desse término e irradiar energias positivas. Pensando no bem, perdoando-o e SE perdoando também. Comecemos muitos “erros” que fazem parte na nossa evolução como seres humanos. Você precisou passar por tudo aquilo para aprender algo. E você? Me conta o que aprendeu/está aprendendo com as experiências “ruins”?

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

15 respostas a Ele quer ter mais liberdade

  1. TB diz:

    Há uma verdade nisso: o final faz com a gente veja muita coisa sobre nós, nos faz aprender o que precisamos e, se bem aproveitado, tiramos boas lições para nós auto-aperfeiçoarmos.
    Meses mais tarde àquele fatídico dia hoje vejo que eu deveria ter sido mais quem sempre fui antes do namoro: mais independente, mais individual (e menos madre Teresa), ter falado menos e agido mais, principalmente no que tange às DRs. Fui bastante prolixa e, talvez se eu fosse um pouco mais taciturna, talvez eu tivesse me desgastado menos e sofrido menos (e sido mais racional, também).
    Mas a vida é assim mesmo, a gente sempre muda ao longo do tempo né? Foi uma lição, dentre tantas, que eu precisava passar e aprender. Foi meu primeiro namorado e aprendi muito – perdi algumas ilusões e, às vezes, a sensação de perda dessas impressões sobre a vida são tristes, mas prefiro hoje viver em paz do que viver iludida.

  2. TB diz:

    Por outro lado, há uma situação incômoda: ele voltou. Deu dois dias do retorno, e ele já mandou mensagem perguntando se poderíamos nos ver. Na verdade, ele tem me mandado mensagem todos os dias, mais de uma, sempre puxando assunto. Eu respondo, mas não puxo assunto – para não falar que não puxei na totalidade, puxei uma vez.
    Eu marquei no final de semana, depois do convite, (impus meu dia e hora, além do que queria fazer) e ele concordou prontamente, mas a verdade é que, conforme os dias passam e o dia se aproxima, tenho ficado incomodada e ansiosa; é como se eu fosse para ser avaliada, sabe? Ou pelo menos é essa a impressão.
    Entendo a confusão que ele deve estar – amigos de muitos anos, depois namorados de tantos outros, ele sabe que agiu errado (mas talvez não veja a extensão do quanto) em todo esse tempo e, com tantos meses sem se ver por conta da viagem, acho natural até que ele queira ver para “ver a que passo está tudo”. Sei que ele se sente culpado também – porque ele se preocupa com o que eu penso dele hoje em dia é, mesmo também, por que falaria tanto?
    Por outro lado, também lembro de como me apeguei as esperanças dos “não sei”, do quanto isso me prejudicou nos estudos e de como fiquei me sentindo um paninho de chão. Já não sei mais o que sinto por ele, mesmo em amizade.
    Sei que, se precisar, vou cancelar esse encontro e marcar outro dia (só vou quando me sentir confortável), mas Pri, não sei como me comportar na hora. De verdade, só de pensar em chegar ali e vê-lo e não saber nem se dou um beijo no rosto, um abraço ou um aceno com a mão já dá vontade de sair correndo. Como agir no reencontro com ex?

    • L diz:

      acho que se vocês só mantém uma certa amizade, eu, no seu lugar, agiria como uma colega… seria simpática, pensaria um pouco antes de falar, esperaria a reação dele, bem como seu posicionamento. iria bonita, mas não tão arrumada para não passar a impressão de que tu saiu daquele jeito apenas para impressioná-lo e passaria, a partir do seu comportamento, a mensagem de que é segura e está bem.

      • TB diz:

        L., obrigada!
        Eu tenho um compromisso com amigos logo depois desse reencontro, então qualquer “a mais” que eu esteja em roupa também tem a ver com o local.
        Ele tem usado os mesmos argumentos que eu usei, quando o namoro terminou, para tentar que a gente voltasse, dizendo que “tantos anos nos conhecendo e sendo amigos” (éramos amigos próximos antes de namorarmos), “a gente não pode simplesmente se ignorar”, “a gente não pode fingir que o outro não existe” (?); ele fala que é porque quer minha amizade de volta, mas às vezes isso parece mais do que “amizade” por parte dele (fala que sonhou comigo, fica dando indiretinhas). Eu ainda estou bem decepcionada com tudo e, principalmente, com a forma com que ele lidou esses meses (basicamente cafajestada tudo o que não fez na vida, porque sempre foi do tipo “bom moço”), então tenho medo de como posso reagir (dar lugar à raiva e tal).
        Mas vou seguir principalmente esse passo: ouvir mais do que falar. Não sei qual é a dele e não vou percorrer a outra metade do caminho nessa situação. Se ele quiser, ele que percorra o caminho todo.

        Obrigada!

  3. Ana diz:

    Nossa… falou tudo…
    Quando meu ex terminou por whats, dentre inúmeras desculpas esfarrapadas (não saber se queria casar, estávamos em momentos diferentes profissionalmente, que não gosto de esportes radicais, eu nao ter carro e até das minhas calcinhas….rsss) ele tb falou de se sentir sufocado. Sofri horrores, me culpei e me senti a pior das mulheres, mas depois que descobri o blog não fui mais atrás dele. Já faz um ano e dois meses de término e 8 meses sem contato algum.
    Nesse tempo conheci caras muito legais, vários deles querendo namoro sério e me mostrando o quão maravilhosa eu sou…
    Hoje estou saindo com um homem de verdade, que sabe como tratar uma mulher e vejo o quanto sofri a toa por um cara que não merecia nem meu oi no meio da rua…

  4. Lorrany diz:

    Oii Pri, se puder por favor me responda e se puder muito Obrigada. Chamei meu ex para conversar ele concordou, fiz um desabafo para ele, falei sobre tudo e pedi com que a gente recomeçasse do zero, que ambas as partes se esforçassem. Daí acabei que dormi com ele e fiquei sem resposta da parte dele, quando me deixou em casa ele disse que depois iriamos conversar mais, isso foi na quarta, até hoje nada 😦 No sábado eu mandei para ele quando iriamos conversar novamente, ele só respondeu “vamos conversar”, eu perguntei quando seria, ele só respondeu “calma”… estou angustiada, queria uma resposta, e se essa for a forma dele de me dizer não e eu ainda aqui esperando por algo, o que você acha Pri?

  5. Pri diz:

    Pri. Ainda tô com ele. Mas me declarei muito, por isso ele não se importa mais.
    Me ajuda

  6. indecisa diz:

    Own gente precisando de um conselho. Tem um ex que ja tentamos voltar varias vezes mas no final nunca dá certo pq os problemas são sempre os mesmos. E ja entendi que nao dá certo e realmente nao o quero mais de volta. Ele é mulherengo, ciumento, some e ainda me cobra. Então resolvi nao tentar mais. Mas sei que ele ainda vai me procurar. Nao tenho ele no face so no whats mas acho essa historia de bloquear meio chata. Mas nao tenho mais o contato dele no meu cel. Entao a pergunta é o seguinte. Qdo ele me procurar, pq ele vai, o que devo fazer: ignoro e nao respondo nunca mais ate ele cansar? Digo que nao quero mais sem dar explicaçao? Ou digo exatamente o que penso dele e o pq Nao quero acordo em ter algo com ele? As vezes da vontade de dizer tudo o que sinto, do sem noçao q ele é, mas ai penso q nao ha necessidade. Ai fico nessa e nao consigo me desligar pq queria q ele soubesse o qto ele é um babaca. Fico engasgada .Mas ao mesmo tempo questiono a necessidade disso. Acho que essas Drs de dizer isso e aquilo pra pessoa meio chato. Sempre leio aqui que é pra sumir que ele se arrepender e corre atras. Mas nao quero mais que ele corra. Quero me livrar pra sempe. Nos ultimos encontros percebi q virei lanche e ate ai tudo bem tava lanchando tb….kkkk… Mas ai ele cobra q eu nao saia, cobra fidelidade sendo q nao temos nada serio. Ai isso nao aceito. Por isso pra mim ja chega. O que faço… Por favor preciso de dicas me ajudem na decisão!

    • Clara diz:

      Noosssa, parece ate que to me vendo há 6 meses!!! A historia é praticamente a mesma. Gata, se livra desse boy ja!! Vai viver sua vida, vc acha que é isso que vc merece? Hoje eu to com um boy incrivel que me ama de verdade… Nao se autosabote, ignore-o ad infinitum. Ele não vai mudar, pelo menos não tão cedo. E se um dia mudar, nao vai ser por sua causa, vai ser espontaneamente. Mas, nao conte com isso, viva sua vida do jeito que vc merece, sem ficar ansiosa por nada, apenas buscando o melhor e recebendo os feedbacks do “universo”. Veja esse conselho como uma carta do futuro heheh beijo

  7. Isa diz:

    Pri, deixei uma mensagem essa semana pra você falando sobre uma reaproximação com meu ex. Ontem ele me ligou se oferecendo pra resolver uma pendência da minha faculdade. Logo após me mandou msg dizendo ‘ que minha divida acabou de aumentar’ apenas agradeci, e deixei a última pergunta dele no vácuo. Quero voltar! Estou fazendo certo? Ou é melhor ser legal e solicita? PS. Ele já me ignorou na.época que fui atrás

  8. Nat diz:

    Pri
    Meu caso é com um ficante e está bom pra mim assim, só quero sexo mesmo, não quero ter uma vida com ele. O problema é que a frequencia dos nossos encontros não é suficiente para mim, eu não fico com mais ninguém e acho que ele também não fica.Nossos encontros são sempre quando ele marca, por conta disto fiz algumas cobranças e ele ficou brabo e me disse que eu o trato como se a gente tivesse um relacionamento. Continuamos no mesmo ritmo dele. Como eu falo pra ele de forma educada que se ele não dá conta de me atender eu vou ficar com outro, sendo que eu realmente não quero fazer isto, não quero este tipo de envolvimento com mais de uma pessoa.

  9. Rosa diz:

    Sou casada a 17 anos, de uns meses para cá meu marido vem reclamando demais que se sente preso, sufocado, que quer poder sair do trabalho e acompanhar os amigos em um bar, beber e jogar conversa fora, quer sair sem se preocupar em voltar e a mulher estar de cara feia esperando.
    Mas quando questiono que quero a mesma liberdade, ele não concorda, diz que o máximo que aceita é eu ir em um cinema com as amigas, ou tomar um sorvete, mas sair p outros lugares não concorda pois não são lugares para mulher. Estou revoltada, chateada, acabada e pensando seriamente em pedir a separação e cada um seguir com sua vida e liberdade. Não aguento mais conviver com tanto machismo.

Fala que eu te escuto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s