Como mudar de postura?

Meninas! Hoje eu estava lendo alguns comentários que recebo aqui no blog e fiquei assustada com o que ando recebendo. Parece que o tempo passa e alguns problemas emocionais insistem em continuar. É namorado que xinga e que manda tomar naquele lugar (como se fosse algo normal); é ficante que some, fica dias sem dar bom dia, reaparece, te leva pra cama e desaparece novamente; é marido que bate, que trai…enfim, são tantas reclamações, que eu só tenho uma coisa a dizer: “Por que você permite que façam isso com você?”

Por que VOCÊ deixa que ele te xingue? Por que VOCÊ permite que ele te use como se você fosse uma boneca inflável? Por que VOCÊ deixa ele te xingar? Por que VOCÊ acredita nas mentiras que ele conta? Por que VOCÊ aceita as crises de ciúme que ele tem? Por que VOCÊ se engana, se você sabe que ele não te quer e nunca vai querer absolutamente na-da com você? Por que VOCÊ insiste em mandar mensagens, que não serão respondidas? Por que VOCÊ aceita?

O autoengano é um dos maiores erros que você pode cometer com si mesma. Você sabe que não pode continuar permitindo, mas você insiste. Você se engana. Você sabe que ele não vai mudar, mas você desperdiça seu tempo e seus neurônios com ele. Você ACHA que é por amor, mas não é: é FALTA de amor, falta de amor-próprio e de amor dele por você.

Olhe para si mesma, você não merece esse tipo de tratamento e de postura dele. Ele não vai/não quer mudar? Mude você. Você PODE mudar. Você pode se amar, você pode encontrar uma pessoa que te respeite, que te considere e que te ame. Começar a se amar é um bom ponto de partida. Vamos?

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter ‘sorte’ no amor” (r$ 7,10)

3) “A importância da energia” (r$ 9)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

12 respostas a Como mudar de postura?

  1. Beatriz diz:

    Olá Pri bom dia,
    Eu passo exatamente por essa situação. Ele grita, xinga e me ofende, quer que eu seja algo que eu não sou, uma submissa. Qualquer coisa que eu diga que vá contra ao que ele quer, ele simplesmente surta e começa a gritar, se eu tento colocar minha opinião, ele grita mais ainda e começa a ofender. Dei uma sumida e ele veio atrás. Estou firme e não respondi e tão menos atendi as ligações dele.
    Eu sei que ele gosta de mim, mas não me aceita do jeito que sou.
    Quero dar uma chance, mas sinceramente não sei se vale a pena.

  2. Juliana diz:

    Pri, moro perto do meu namorado.. mas sempre ele quer que eu desça ou vá encontrá-lo… como fazer para ele não se acostumar?

  3. Nan diz:

    Ótima conselho Pri!

    Eu fui casada a 6 anos, me separei a dois anos sofri pra caramba, amava meu ex marido de mais, ele me humilhou, me desprezou, e eu fiz todas as melecas que nos mulheres fazemos devido a ansiedade e medo, por fim comecei a cuidar de mim. Acabei me envolvendo com um ex namorado (namoro de adolescência), ele e simplesmente uma pessoa maravilhosa, no começo eramos somente ficantes, a gente se via de quinze em quinze dias, eu sempre fui muito extrovertida e minha casa vivia cheia de amigos, eu sempre fui muito do tipo “to nem ai”, ou tipo se você não me assumi não tenho o porque ser certinha etc. Pois bem terminamos e ficamos 5 meses separados, nesse tempo não liguei e nem mandei msg, começamos a nos falar novamente e ele veio querendo compromisso estava claro isso. Esse rapaz tem bloqueios emocionais, se consultava com um psiquiatra, tomava remédios para depressão e ansiedade, porém ele já tem um histórico de namoradas que ele largou, ele começa lindo e maravilhoso, mas num belo dia acorda e começa a reclamar que esta com muitas responsabilidades, que não queria namorar, começa a ficar distante, deixar no vácuo, fica monossilábico, intolerante, tempestivo, tudo e motivo de discussões, ele fica remoendo brigas passadas e jogar coisas na cara e por fim começou a não ir mais la em casa, os motivos eram fúteis, ele nunca gostou do meu jeito brincalhona, dizia que eu era moleca e que ele queria uma mulher do lado dele, dizia que meu comportamento incomodava ele de mais, eu comecei a me anular, pedir desculpas por motivos que eu nem achava cabível de briga, comecei a ter surtos de ansiedade, fazia de tudo para que ele não brigasse comigo, tentei ser a namorada perfeita que não perde-lo, ele dizia que me amava de mais, que adora ir ficar comigo, porém essa era a natureza dele ser solitário, que por esse motivo ele não havia casado e nem tido filhos ainda. Resumindo Pri faz 1 mês que ele terminou comigo, chorou e me disse que ele só queria paz sem ter que se importar com ninguém, não mandei msg para ele, não liguei, apenas fui educada quando ele me procurou para falar do conserto do game do meu filho, apenas isso, sinto falta sim, mas não vou fazer disso um drama e nem parar a minha vida. HAAAA e meu meu marido esta no meu pé implorando para voltar para casa ….rs

    Pri por favor gostaria que se possível você abordasse o tema de homens bipolares, com bloqueios emocionais, como devemos nos portar diante dessas situações.

    Bjs..

  4. Nan diz:

    Tem algum conselho pra mim Pri???

  5. Nai diz:

    Você pode me dar seu conselho?
    Eu tinha um relacionamento com um cara e mesmo a gente não tendo intimidade no começo, eu gostava dele. Acontece que ele começou a ter aulas na faculdade e eu me tornei muuuito ciumenta e possessiva, ele não podia ficar nem meia hora sem me responder, que eu já ficava louca, brigávamos quase todos os dias. Então, lá pelo quarto mês de relacionamento ele terminou e eu fiquei sabendo um tempo depois que ele ficou com uma menina da sala dele, enquanto estávamos juntos. Só que antes de saber disso, eu já tinha corrido atras e feito de tudo (ficamos separados por uns dois meses), até que nas últimas duas semanas eu desisti e ele quis voltar. Enrolei um pouco mas aceitei e decidi continuar a relação, mesmo sabendo que a menina com quem ele havia ficado estuda com ele, porém eu sei que depois disso ele nunca mais tentou nada com ela. Falei pra ele que não toleraria mais nenhuma falta de respeito e que caso acontecesse eu ia embora e não voltaria, óbvio que mudei em relação aos ciúmes. Ficamos então um ano juntos, e ele se doava bastante, sempre tentava me deixar segura e me avisava tudo o que ia fazer, sei que ele tinha sentimentos por mim. Até que no últimos mês, ele mentiu pra mim que estava na aula mas na verdade tinha saído com os amigos pra um barzinho, eu sei que ele não estava fazendo nada de mais lá, só que quis negar até a morte e então eu terminei e pedi para ele não falar mais comigo, ele disse que iria respeitar. Fiquei sabendo por terceiros que ele ficou muito mal e chateado por eu ter terminado por causa disso. Até agora nem eu, nem ele fomos atras um do outro e já estamos quatro dias sem conversar e eu não irei atras de jeito nenhum. Não sei se tomei a decisão errada em terminar por isso e nem se ele voltará atras, mas se isso acontecer, qual seria a melhor atitude pra tomar? Ainda gosto dele mas não sei se voltando com ele eu não iria só ser feita de boba.

  6. Line diz:

    Pri boa tarde!

    Captei sua mensagem.Maaaasss…

    ….por exemplo, desde o início do ano, meu namo estava relaxado com a gente. Dava uns toques p ele se tocar, resolvia por algumas semanas e voltava a ser ” trastinho” kkk

    E o que mais odeio é a postura dele nas redes sociais. Ele permite que meninas babem o ovo dele….acho ridículo e infantil. Adooooraaaa se mostrar no face.

    Aí, eu encontrei um perfil fake meu (que ele fez) pra curtir todas as coisas e elogiar (detalhe: nunca fiz questão de ter ele no meu perfil, exatamente por esse comportamento deplorável)

    Foi a gota d’água! Terminei, achei uma falta de respeito com a minha pessoa.

    Percebi que ele ficou com o rabinho entre as pernas, se lamentou e pediu para nos encontrarmos para conversar.

    Disse que td bem, mas depois de um mês.

    E depois de dois dias do término, o jeito podrinho dele no face continua…

    Me incomoda pq parece q na minha frente ele é uma coisa e por trás é outra.

    Eu amo muito ele, quase fiquei grávida, ainda não noivamos por essas molecagens.

    O que eu faço nesse tempo de sumida, pra ele se tocar? E nesse encontro, qual deve ser minha atitude?

    Obrigada 😗

Fala que eu te escuto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s