Qual é a hora certa de se declarar?

Meninas! Recebi um e-mail com uma questão muito interessante. Qual é a hora “certa” de dizer que estamos apaixonadas? Já recebi várias perguntas de leitoras que se declararam, daí o homem se sentiu “pressionado” e sumiu. Por que isso acontece? Você foi super sincera, abriu seu coração, disse que amava e queria namorá-lo. O que aconteceu? Agora ele não te procura mais, não responde suas mensagens e te bloqueou em tudo.

Já vou dizendo que não existe uma hora certa para isso, mas abrir seu coração quando vocês estão no início da relação pode deixar o moço assustado. Ele está gostando de te conquistar, de te conhecer e de descobrir como você é. Homem leva mais tempo para se dar conta de alguns sentimentos, diferente das mulheres. Nós somos mais ansiosas e queremos resposta o quanto antes, queremos definições e atitude.

Você não está errada em abrir seu coração. Mas é bom ser prudente nos relacionamentos. Você pode estar se envolvendo com um homem que você ainda não o conhece. De repente ele pode mostrar uma face que você nem imaginava. Por isso, não dê pérolas aos porcos. Não custa esperar um pouco para ver qual é a dele, entende?

O primeiro mês costuma ser lindo pra todos, preste atenção nos sinais e na maneira que ele te trata. Controle a sua ansiedade ocupando seu tempo com outras atividades não relacionadas a ele. Esse post não tem intenção de ser machista, longe disso. É apenas um alerta para você não se machucar e ter um pouco de paciência antes de declarar seus sentimentos.

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 10 Comentários

Ele está estranho

Meninas! Muitas mulheres me escrevem pedindo ajuda e a maioria dos casos começa assim: “Estava tudo bem, de repente, ele começou a ficar estranho e quieto. Não sei o que aconteceu, mas depois disso vieram as brigas e ele terminou”. Olha só, quando um homem começa a ficar quieto é porque ele está com algum problema. Geralmente, é na área profissional e não tem nada a ver com o namoro de vocês. 

Eu sei que a maioria das mulheres se desespera e começa a ficar insegura perguntando o que aconteceu. Mas, normalmente, o homem não responde, apenas fica calado. Isso é normal, é da natureza masculina. Eles ficam quietos, olham para o nada e ficam sérios. Você, como namorada, pode perguntar o que aconteceu e oferecer ajuda. Se ele não aceitar, fique quieta e não fale mais nada. 

Proponha programas diferentes, uma viagem rápida, uma saída para um parque novo, um show ou um barzinho diferente. O problema dele vai passar e tudo vai voltar ao normal. É apenas uma situação que ele não se sente confortável de expor, por mais que ele te ame e confie em você. Homem quando tem algum problema não “desabafa” como a gente, eles ficam quietos e estranhos.

Por isso, tente entendê-lo e dê o silêncio que ele necessita. Não vai durar muito tempo, vai passar e você pode usar esse tempo para ficar ainda mais linda e interessante do que você já é. Aproveite para fazer coisas de mulher, depilação, cabelo, manicure, leia um livro interessante ou assista aquele seriado que ele odeia rsrsrsrs. Use esse tempinho para você e faça que ele perceba que você o entende, o respeita e é uma super companheira!

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 29 Comentários

O que fazer com a raiva?

Meninas! Quando você briga com o namorado, a primeira sensação é ter raiva, não é verdade? A gente tem vontade de torcer o pescoço dele e vê-lo ficar roxo lentamente, não é? Kkkkkkkkkk… Sentir raiva é normal e não devemos nos culpar por isso. Mas temos que saber lidar com esse sentimento para não fazer besteira e se arrepender depois.

Vocês brigaram. Ok. Eu sei que o sangue ferve e também sei que nessas horas, a boca da gente fala sem freios. Nessas horas, você xinga a bruxa da mãe dele, você termina e se arrepende depois, você joga na cara dele um monte de trauma e coisas mal resolvidas que não precisam ser ditas. 

É preciso aprender a ficar calada e virar as costas. Quando a briga começar, respire, conte até dez, até cem ou até mil, se for preciso. Não deixe a raiva te contaminar e fazer com que você perca a razão. Vai por mim, é melhor ficar quieta do que falar um monte de abobrinha e ficar se humilhando e pedindo perdão depois.

Se você continuar com raiva depois de um tempo, desconte sua raiva na esteira. Eu faço assim. Vou pra academia, coloco uma música e corro até suar. Olha só que beleza, você emagrece, fortalece sua saúde e a raiva vai embora. Ah, e não se esqueça de desligar o celular para que ele não te encontre e fique com mil pulgas atrás da orelha, insegurinho da Silva!

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | 13 Comentários

Agora é tarde…

Meninas! Hoje resolvi mudar um pouquinho a maneira de escrever e fazer uma série diferente. Espero que vocês gostem!

“Você disse que não dava mais. Que ainda me amava, mas precisava de um momento sozinho. Terminou. Eu senti tanta saudade, mas tanta que até doía meu peito. A sensação de vazio era tão grande que você não deve ter ideia, não é mesmo? Eu sentia falta das mensagens, da sua preocupação, do seu cheiro, da sua presença e de mim mesma. Eu sentia falta da mulher que eu era com você. Depois que você terminou, eu não era mais “eu”. Eu parecia um zumbi, triste, vazia e sem rumo. Fiquei uns dias em silêncio porque estava em choque, mas esse período durou pouco.

Mandei uma mensagem para saber como você estava. Mas você não respondeu. Pensei que a minha internet estava com problema e você não havia recebido. Mandei mais três mensagens e fui dormir ansiosa. Não sabia o que estava acontecendo. Te via online no WhatsApp, mas você preferia me ignorar. Te via online no facebook, mas você não me mandava nada. Quantas mensagens eu te mandei querendo saber notícias, querendo sentir que eu, ao menos, FUI importante pra você. Mas a cada vez que você me ignorava, mais lixo eu me sentia. 

Eu tentei muito, até que um dia eu me cansei. Cansei de me sentir um fantasma, pois era assim que eu me sentia: uma sombra no escuro em sua vida. Eu não era importante, talvez tenha sido, mas agora não mais. Eu precisava me encontrar de novo, precisava resgatar a verdadeira mulher que sempre fui. Não foi fácil. A tentação de  ver como você estava foi grande, mas o medo de sentir o seu desprezo foi maior e resolvi ser dura comigo.

Dias e meses se passaram. Até que um “oi. Tudo bem?”chegou no meu celular. É claro que meu coração disparou, mas eu já tinha aprendido a “lição”. Você só queria saber se eu estava vivendo bem sem você. A sua vaidade queria saber se eu ainda estava sofrendo ou virado a página. Eu não iria cair na sua teia outra vez. Não respondi. Simples assim. Com a mesma frieza que você terminou comigo, com a mesma indiferença que você ignorava todas as minhas mensagens eu te ignorei. Sem sentimentos de vingança nem nada, apenas uma autoestima elevada e segurança de uma mulher que não quer sofrer outra vez…”

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | 19 Comentários

Sempre igual?

Meninas! Dia desses estava conversando com uma colega que sempre sofre por amor. A mesma história se repete e ela, hoje, está chorando por mais um relacionamento que não deu certo. É curioso, mas ela não percebe que o tipo de homem que ela atrai é sempre o mesmo, os erros que ela comete são sempre os mesmos e o final da história vocês já sabem: término e sofrimento em dose dupla.

Mulheres como ela estão sempre disponíveis, são super boazinhas, solícitas e fazem TUDO para agradar o outro. São capazes de passar necessidade, de sofrer e de se humilhar, apenas para ter um semi-namorado ao seu lado. Essa colega sempre se transforma em faxineira (porque faz uma super limpeza, toda semana, na casa dele), em cozinheira (cozinha, todos os dias, pratos diferentes e deliciosos pra ele), passadeira (passa todas as roupas dele com maestria) e banco (empresta/dá todas economias pro cara). 

Não estou falando que você não pode cozinhar pro seu namorado ou marido, não é isso. Você pode sim, fazer um prato gostoso quando VOCÊ quiser e estiver com vontade. Não faça apenas para agradar ou se mostrar perfeitinha e dedicada. Não é assim que se agrada um homem. Não se deixe ser explorada e sugada por alguém que não te considera, por um homem que só quer se aproveitar da sua boa vontade e desaparecer depois que se cansar.

Minha colega chorou, chora e, se ela não mudar, vai chorar muito por homens que vão usá-la e depois descartá-la como papel usado. Ela atrai esse tipo porque ela se anula, porque ela não mostra a verdadeira face dela, porque ela está sempre disposta a interpretar o papel de mulher Amélia e dedicada. Não faça isso com você, pois as feridas serão profundas e doloridas.
 

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 5 Comentários

E as expectativas?

Meninas! Vamos conversar um pouco vai… Vamos falar sobre as grandes expectativas que as mulheres fazem quando conhecem um homem. É incrível, mas basta você conhecer alguém que você já se imagina namorando, casando numa praia com uma coroa de flores na cabeça e tendo um casal de filhos com ele, não é? E lógico que você também imagina esse príncipe de joelhos com um anel de brilhantes te pedindo em noivado, acertei?

Bingo! Meninas, não há problema algum em imaginar e querer o melhor pra si, MAS é preciso ser realista. Não adianta imaginar essa cena toda se o cara não responde suas mensagens, não se importa com você, some e aparece quando só quer sexo. Não adianta “cobrar” atenção de um homem que não tem capacidade e maturidade de proporcionar aquela vida que você sempre sonhou. 

Você pode se dividir no meio, se esforçar, virar de cabeça pra baixo, ficar linda e maravilhosa que não vai adiantar. ELE não está preparado. Seria como você obrigar alguém que ainda não sabe ler a ler um livro. Por isso, se você tem planos de namorar, não perca seu tempo com aquele que mal se importa com você. 

Você não tem “problema” nenhum, você é única, é especial e linda, não fique vasculhando defeitos em si mesma. Não crie grandes expectativas em cima de um relacionamento que ele considera casual e passageiro. Não dê suas pérolas aos porcos. Quando você perceber (sim, você vai perceber) que ele não quer nada com nada, pule fora. Sem brigas, sem barracos nem drama. De que adianta você investir em algo que você já sabe que vai dar errado?! A verdade nunca dói, o que dilacera a alma é a ilusão.

Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 6 Comentários

Palavras de uma mãe…

Meninas! Esse post vai refletir as palavras de uma mãe que vê sua filha querida sofrer por um amor. Espero que vocês reflitam.

“Minha filha foi gerada e esperada com muito amor. Sorrisos, gargalhadas, o primeiro dente, a primeira papinha, o primeiro passo…tudo foi cuidadosamente observado e comemorado. Fotos do primeiro banho, do primeiro dia na escola, das amiguinhas reunidas na sala e da sujeira que faziam com o lanche da tarde, tudo foi registrado e guardado como um tesouro. Minha filha, meu tesouro.

De repente, a minha bebê cresceu. E uma prova disso foi o primeiro namorado. Menino tímido, magrinho e com o rosto cheio de espinhas típicas da idade. O namoro não deu certo, minha filha sofreu um pouco, mas superou. Algum tempo depois, ela começa a namorar outra vez. Namoro mais intenso, onde eles achavam ser propriedade um do outro. Muitas brigas, muitos gritos ao telefone, xingamentos e lágrimas. Eu, como mãe, tentava não me meter. Afinal, faz parte do amadurecimento se relacionar e sofrer.

Ele terminou sem motivo aparente e sumiu. Ver minha filha indo atrás de um homem e sendo ignorada, é muito doído. Saber que minha filha foi xingada, maltratada e humilhada fere minha alma. Ver a minha filhota passando noites em claro atrás de informações dele, cortava o meu coração. Saber que ele fazia questão de desfilar com a atual namorada na frente dela, me fazia chorar quando eu a via chegando em casa com a cabeça baixa.

Eu não criei a minha filha, o meu tesouro, para ela ser tratada como uma casca de banana. Eu não carreguei a minha filha no meu ventre para ela ser pisada em sua dignidade e se sentir a pior criatura do mundo. Ela é um ser-humano, ela tem raízes, ela tem um suporte familiar, ela não é “qualquer uma”. Ela vai aprender (pelo sofrimento) a amadurecer e deixar de ser menina para virar mulher.”
Cursos em áudio:

1) “Postura após término de namoro”(r$ 10,70)

2) “Aprendendo a ter “sorte” no amor (r$ 7,10)

Consultorias personalizadas, mandar email para: dominarumhomem@gmail.com

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 26 Comentários